Veja como contribuir facultativamente para o INSS da doméstica com contrato suspenso

Veja como contribuir facultativamente para o INSS da doméstica com contrato suspenso

Jornal Extra (02/10/2020)

Jornal Extra

Milhões de trabalhadores tiveram seus contratos suspensos por meio da Lei 14.020/2020 — criada para mitigar os efeitos da pandemia de Covid-19 no mercado de trabalho. Os empregados domésticos estão entre as categorias mais afetadas pela medida, e nesse período estão sem a contribuição por tempo de serviço para o INSS, que não é obrigatória pela lei. Entretanto, o empregador pode fazer a contribuição à parte para o funcionário. Veja como.

O empregador que desejar prorrogar a suspensão da jornada deve comunicar ao governo e ao e-Social. Como não há mais vínculo, não é possível fazer o pagamento do INSS pelo e-Social. É preciso fazer uma contribuição individual facultativa à parte.

Confira o passo a passo de como emitir a DARF para pagamento do INSS clicando aqui.

Compartilhe esta publicação

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp

Cadastre seu e-mail e fique sempre atualizado

Deixe seu comentário sobre este post