Saque do FGTS: empregador doméstico não precisa gerar chave de identificação

Saque do FGTS: empregador doméstico não precisa gerar chave de identificação

A guia rescisória emitida no site do eSocial doméstico substitui a chave de identificação

chave de identificação

A crise econômica afetou o país e, principalmente, as oportunidades de emprego. Na categoria do emprego doméstico, com base na Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (PNAD), do segundo trimestre de 2020, comparado com o mesmo período de 2019 (abril, maio e junho), o Brasil perdeu 1.540.000 postos de trabalho na categoria doméstica.

Com as demissões, todo trabalhador doméstico que tem a carteira de trabalho assinada, consegue receber todos os direitos garantidos por lei, sendo um deles, o Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) mais a multa de 40% liberada em caso de demissão sem justa causa. E com o crescimento de demissões no segmento doméstico, cada vez mais empregadores vêm nos procurar com a mesma dúvida: como gerar a chave de identificação para o trabalhador conseguir sacar o FGTS na Caixa Econômica. Reunimos as principais informações sobre o assunto!

 

Como o empregador deve proceder em relação a chave de identificação?

O empregado doméstico é isento da chave de identificação, ou seja, não existe essa opção na categoria do emprego doméstico.

 

Tudo bem, mas a Caixa Econômica continua solicitando a chave de identificação. E agora?

Se a agência da Caixa continuar solicitando a chave de identificação para o saque do FGTS, o trabalhador doméstico pode solicitar que a unidade entre em contato com a GIFUG (Gerência de Filial do FGTS) para confirmar os procedimentos e obter orientações específicas.

 

Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS)

O FGTS é obrigatório no emprego doméstico desde outubro de 2015. Tanto a contribuição de 8% sobre o salário do empregado quanto a multa de 40%, são pagos via guia DAE do eSocial doméstico. A multa é paga mensalmente no equivalente a 3,2%.

Compartilhe esta publicação

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp

Cadastre seu e-mail e fique sempre atualizado

Deixe seu comentário sobre este post