Salário mínimo federal teve aumento em 2021 e empregadores domésticos precisam fazer reajuste

Salário mínimo federal teve aumento em 2021 e empregadores domésticos precisam fazer reajuste

O novo valor de R$ 1.100 e é válido a partir de 1º de janeiro em todo território nacional, com exceção dos estados que possuem piso regional

Salário mínimo federal

O salário mínimo federal tem reajuste anual, e para 2021 o novo valor já foi definido. Válido desde o dia 1º de janeiro, o atual salário é de R$ 1.100. A diferença foi de R$ 55,00. Contudo um novo reajuste é previsto para fevereiro ainda deste ano para que não haja perda no poder de compra.

No emprego doméstico, este salário é válido para a base de cálculo salarial e pagamento da DAE de janeiro/2021, com vencimento em fevereiro/2021, no valor de R$ 1.100. É preciso muita atenção do empregador doméstico nesse momento!

 

Pisos regionais também terão alterações?

Os estados do Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul, Santa Catarina, e São Paulo (exceto localidades que possuem sindicato) não têm reajuste salarial previsto, inclusive alguns destes estados não possuem aumento para a categoria desde 2019.

Os valores são reajustados através de projeto de lei, com votação nas assembleias legislativas de cada estado. Somente o estado do Paraná já teve seu reajuste no piso salarial para a categoria em 2021.

Confira a tabela atual de salários no Brasil para o emprego doméstico

Ao contratar um novo trabalhador doméstico, o empregador preciso ficar atento a base salarial de sua localidade.

 

Férias gozadas em janeiro

Para os empregados que tiram férias em janeiro, com o valor antigo, deverá ser calculado a diferença de férias com o valor atualizado e precisa ser pago até o 5º útil de fevereiro.

 

Empregadores residentes de onde o piso é mínimo federal precisam fazer reajuste?

Os empregadores que já pagam mais do que o novo salário mínimo federal (R$ 1.100) não tem obrigação legal de reajustar o salário de seus funcionários. Mas a recomendação da Doméstica Legal, por meio do especialista em emprego doméstico, Mario Avelino, é que seja aplicada uma correção ao salário atual do trabalhador doméstico equivalente à inflação anual.

 

Mudança de salário na carteira de trabalho e no eSocial

O empregador doméstico precisa atualizar os valores do salário mínimo federal do empregado na carteira de trabalho e no eSocial. Com isso, haverá impacto nos valores da guia DAE, uma vez que o sistema não altera o valor automaticamente.

 

Clientes da Doméstica Legal também precisam fazer a alteração?

Somente os clientes que ainda possuem o plano Classic. Clientes dos planos Personal e Exclusive não precisam se preocupar, nossos consultores atualizam o salário no sistema do eSocial e ainda orientam no momento da alteração da carteira de trabalho.

Compartilhe esta publicação

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp

Cadastre seu e-mail e fique sempre atualizado

Deixe seu comentário sobre este post

Menu do blog

Mais Acessados

🔎 Não achou o que procurava?

Faça sugestões de novos conteúdos