Saiba o que pode e não pode anotar na carteira de trabalho da doméstica

Saiba o que pode e não pode anotar na carteira de trabalho da doméstica

Informações que desabonem a conduta do trabalhador não podem ser registrados. Empregador deve assinar a carteira logo no primeiro dia de serviço

anotar na carteira de trabalho

Muitos empregadores tem dúvidas com relação às informações que devem constar na carteira de trabalho do empregado doméstico. O documento que firma oficialmente o vinculo empregatício entre empregador e empregado deve ser assinado logo no primeiro dia de trabalho. Essa é uma garantia de cumprimento dos deveres legais para os dois lados da relação trabalhista.

A CTPS deve ser utilizada apenas para o registro de dados relacionados ao contrato de trabalho como: data da admissão, função, férias, aumentos salariais. Informações desabonadoras, que “mancham” a imagem do trabalhador, como penalidades aplicadas ou o motivo da demissão, são vedadas pelas leis trabalhistas, pois podem atrapalhar a conquista de novo emprego.

O que pode ser anotado na Carteira de Trabalho

  • Data de admissão
  • Férias
  • Função
  • Aumento de salário
  • Data de demissão

O que não pode ser anotado na Carteira de Trabalho

  • Penalidades aplicadas
  • Motivo da demissão
  • Atestados médicos

Compartilhe esta publicação

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp

Cadastre seu e-mail e fique sempre atualizado

Deixe seu comentário sobre este post

Mais acessados

🔎 Não achou o que procurava?

Faça sugestões de novos conteúdos