• RJ: (21) 2518-3099 | DEMAIS ESTADOS: 4003-3367
RJ: (21) 2518-3099 | DEMAIS ESTADOS: 4003-3367

Patrão não poderá mais deduzir Previdência de empregados domésticos do próprio IRPF

Patrão não poderá mais deduzir Previdência de empregados domésticos do próprio IRPF

Estadão (13/01/2019)

Os empregadores domésticos não poderão mais deduzir de seu Imposto de Renda Pessoa Física (IRPF) os gastos com a contribuição previdenciária do trabalhador. O incentivo, instituído em 2006, perdeu a validade e não foi renovado pelo governo e pelo Congresso Nacional.

Mudanças no Imposto de Renda precisam ser aprovadas no ano anterior para passarem a valer. Por isso, qualquer alteração avalizada pelo Congresso este ano só terá efeito no IRPF de 2011, referente a rendimentos recebidos em 2020.

No IRPF a ser declarado em 2020, cujo ano-base é o de 2019, não haverá a possibilidade de deduzir os gastos com contribuição previdenciária patronal de empregados domésticos.

“Legalmente falando, não teria como (o benefício) vigorar este ano”, disse o presidente do Instituto Doméstica Legal, Mario Avelino.

Confira a matéria na íntegra.

As informações foram úteis? Compartilhe

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn
Compartilhar no pinterest
Pinterest
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp

Deixe seu comentário sobre este post