/
Os direitos e a proteção para diaristas que são microempreendedoras individuais

Os direitos e a proteção para diaristas que são microempreendedoras individuais

Os direitos e a proteção para diaristas que são microempreendedoras individuais

Jornal O Globo (21/12/2018)

A rotina cansativa de uma diarista somada à falta de cobertura para doenças ou acidentes de trabalho são uma combinação perigosa na vida dessas profissionais. Por isso, a adesão ao MEI é uma forma de proteção para que possam manter seus rendimentos, em caso de impedimento de trabalho ou licença-maternidade, e um importante passo para a aposentadoria.

Para estimular a inscrição delas no programa, o instituto Doméstica Legal lançou a campanha “Diarista, Seja MEI”, para dar orientações às mais de 1,9 milhão de pessoas com essa ocupação no Brasil. O presidente do instituto, Mario Avelino, explica:

”Uma minoria contribui para a Previdência Social e precisa pagar R$ 104,94 ou R$ 190,80 por mês, dependendo da alíquota. No caso delas, o total pago como MEI ficaria em R$ 52,70. É uma diferença que pode ajudar na compra de uma cesta básica”. Conheça a campanha #DiaristaSejaMei

Share on facebook
Facebook 0
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn 0
Share on pinterest
Pinterest 0
Share on email
Email
Share on whatsapp
WhatsApp

Artigos Relacionados