Número de trabalhadores domésticos tem queda de 473 mil e é o menor da série do IBGE

Número de trabalhadores domésticos tem queda de 473 mil e é o menor da série do IBGE

Jornal O Dia (30/10/2020)

Mario Avelino

Os trabalhadores domésticos têm sofrido com a perda de postos no mercado de trabalho. De acordo com os dados da PNAD Contínua do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) divulgados nesta sexta-feira, o número de trabalhadores na área é o menor da série, em 2012 quando foi criado. São 4,6 milhões de pessoas, o que representa uma queda de 9,4%, com menos 473 mil trabalhadores comparado ao trimestre anterior.

“O emprego doméstico foi um dos segmentos mais afetados pela pandemia do coronavírus. Muitos empregadores se valeram do benefício da suspensão temporária de contrato ou redução da jornada de trabalho e salário, porém muitas empregadas foram dispensadas. Muitos contratantes não conseguiram manter suas colaboradoras”, explica o presidente da ONG Instituto Doméstica Legal, Mario Avelino.

 

Confira a matéria completa na íntegra clicando aqui.

Compartilhe esta publicação

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp

Cadastre seu e-mail e fique sempre atualizado

Deixe seu comentário sobre este post