Como funciona a antecipação de férias da empregada doméstica que não tem 1 ano no trabalho?

Como funciona a antecipação de férias da empregada doméstica que não tem 1 ano no trabalho?

Acordo de antecipação das férias foi aprovado por meio da Medida Provisória 1.046 e é válido por 120 dias

antecipação de férias

Com a publicação da Medida Provisória n.º 1.046 em abril de 2021, o empregador doméstico pode antecipar as férias da empregada doméstica mesmo que ela não tenha completado um ano de trabalho de residência, o que chamamos de período aquisitivo completo. Este acordo, permitido por lei, tem particularidades que o empregador doméstico precisa ficara tento para não cometer erros.

Reunimos os principais pontos que merecem a atenção do empregador doméstico ao fazer um acordo de adiantamento de férias da empregada doméstica.

 

Como funciona a antecipação de férias no emprego doméstico?

O empregador deverá comunicar ao emprego a antecipação das férias com 48h de antecedência. O período não poderá ser gozado em um período inferior a 5 dias corridos.

O empregador também poderá conceder férias a empregada ainda que o período aquisitivo a elas relativo não tenha transcorrido.

As antecipações de períodos futuros de férias poderão ser negociadas entre empregador e trabalhador através de acordo individual escrito.

Atenção: domésticas que pertencem ao grupo de risco deverão ser priorizados para o gozo de férias.

Em caso de rescisão contratual, os valores das férias que não foram antecipadas deverão ser pagos no caso de pedido de demissão.

O prazo para o acordo de antecipação de férias é de 120 dias a partir da data de publicação da Medida Provisória, em 27 de abril de 2021.

 

Como deve ser feito o pagamento das férias?

O pagamento da remuneração das férias antecipadas poderá ser feito até o 5.º dia útil do mês seguinte ao início do gozo das férias. Ou 2 dias antes do início do gozo, caso o empregador prefira.

Quanto ao adicional de um terço relativo às férias, no caso de antecipação do período, o valor poderá ser pago após a concessão, a critério do empregador até a data em que é devido o 13.º salário. Já a conversão de um terço do período das férias em abono pecuniário dependerá da anuência do empregador.

 

E quanto a empregada completar um de casa, como ficam as férias?

Quando o empregador doméstico for fazer o acordo, é de extrema importância ressaltar que as férias estão sendo antecipadas. Isso quer dizer que quando o período aquisitivo for completo, a empregada doméstica não poderá tirar férias, pois esta já foi adiantada.

Para tirar férias novamente, ela deverá completar mais um período aquisitivo.

 

Compartilhe esta publicação

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp

Cadastre seu e-mail e fique sempre atualizado

Deixe seu comentário sobre este post

🔎 Não achou o que procurava?

Faça sugestões de novos conteúdos