Como corrigir dados errados da empregada doméstica no termo de rescisão?

Como corrigir dados errados da empregada doméstica no termo de rescisão?

Corrigir esse problema não é complicado, mas precisa ser um trabalho em equipe, e a Doméstica Legal pode fazer tudo para você.

dados

Algo comum no emprego doméstico é quando o patrão doméstico comete algum erro ao anotar os dados da empregada no eSocial doméstico, sistema do governo que reúne todo o histórico trabalhista da trabalhadora, ou a doméstica casou/separou e alterou os dados sem comunicar o patrão. Os erros mais comuns identificados pela Doméstica Legal é o nome do empregado e o número do PIS ou NIT escritos errados.

Quando isso acontece, a empregada doméstica pode ter muitos problemas se for dispensada sem justa causa, e com isso, pensar que o patrão agiu de má-fé. Isso acontece porque a trabalhadora não consegue sacar o FGTS e nem dar entrada no seguro-desemprego, visto que o termo de rescisão está com os dados errados.

Corrigir esse problema não é complicado, mas precisa ser um trabalho em equipe: empregador e empregada.

 

Como fazer a correção dos dados da empregada doméstica no termo de rescisão?

Através de um documento chamado RTD. Primeiro a empregada precisa solicitar um extrato analítico na Caixa Econômica Federal para saber qual o erro. Feito isso, a doméstica deverá solicitar ao patrão que preencha um formulário chamado RDT, para ser posteriormente entregue em uma agência da Caixa Econômica Federal (a própria empregada fará essa entrega).

A mudança também deverá ser feita no eSocial doméstico e, após isso, um novo termo de rescisão deverá ser feito com os dados corretos.

 

Doméstica Legal, você poderia me ajudar a corrigir os dados da empregada?

Claro que podemos! Aqui na Doméstica Legal temos um time especializado de consultores que realizam essas correções para você que é patrão doméstico e não tem tempo hábil para cuidar dessas burocracias.

Nós realizamos o preenchimento do formulário RDT para corrigir dados cadastrais e financeiros na Caixa Econômica Federal vinculados ao FGTS da trabalhadora. Após a realização do serviço, o documento será enviado para você, que, por sua vez, deve entregá-lo a doméstica para que ela compareça à agência da Caixa.

Gostou dessa ideia? Fale conosco clicando aqui e deixe todo o resto conosco.

Compartilhe esta publicação

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp

Cadastre seu e-mail e fique sempre atualizado

Deixe seu comentário sobre este post

🔎 Não achou o que procurava?

Faça sugestões de novos conteúdos