Como a empregada doméstica pode dar entrada no seguro-desemprego online?

Como a empregada doméstica pode dar entrada no seguro-desemprego online?

Problemas para solicitar o seguro durante a quarentena são as maiores reclamações das trabalhadoras que foram mandadas embora durante a crise de Covid-19

seguro-desemprego

Os impactos da pandemia de coronavírus já chegou no emprego doméstico por meio de demissões. Diante disto, muitas empregadas domésticas têm nos procurado por meio de nossas redes sociais para pedir auxílio no momento de dar entrada no seguro-desemprego, atualmente única fonte de renda que terão pelos próximos 3 meses.

Contudo, alguns problemas operacionais estavam ocorrendo, o que levou o governo a fazer adaptações na solicitação do benefício para o profissional doméstico via web, uma vez que os postos para a solicitação presencial, não estão abertos. Existe um sistema próprio do governo para que o pedido seja feito, além do site, também é possível solicitar o seguro-desemprego através da Carteira de Trabalho digital, aplicativo para smartphones (seja Android ou iOS). Saiba como se cadastrar na carteira de trabalho digital clicando aqui.

Com isso, a Doméstica Legal reuniu as principais informações para que a doméstica possa solicitar o seguro sem dores de cabeça e para o empregador poder auxiliá-la nesse momento, lembrando que estes são os processos divulgados pelo governo. Confira!

 

Como solicitar o benefício online?

Pelo site: é preciso acessar o site do governo clicando aqui, após isso um formulário será exibido e solicitado o número do CPF do empregador, data de admissão e data de demissão, o sistema irá buscar os dados no sistema e social. O site irá direcionar o solicitante para a carteira de trabalho digital versão web.

Pelo aplicativo: o acesso é feito usando CPF e senha cadastrada. A carteira de trabalho digital estará disponível na tela, e o seguro-desemprego poderá ser solicitado no menu “Benefícios”, na parte inferior do aplicativo.

 

Como saber se o benefício foi concedido?

As informações concedidas pelos empregados serão incluídas na base de dados do Portal Mais Emprego e analisadas para verificar se está tudo certo, se as exigências necessárias para recebimento do benefício. A solicitação pode ser feita tanto pelo site quanto pelo aplicativo, ou através do telefone 158.

Ao finalizar a análise do requerimento, o empregado será informado sobre o deferimento ou indeferimento da solicitação. Caso tenha sido aprovado, as parcelas do benefício serão emitidas. Porém se for indeferido o sistema irá apresentar uma notificação informando o motivo pelo qual o seguro-desemprego não foi concedido.

 

Empregador, você pode ajudar a doméstica!

O empregador doméstico pode auxiliar a trabalhadora nesse momento. Muitas não tem conhecimento ou ferramenta  necessária para dar entrada no benefício. Para a isso, a Doméstica Legal tem uma consultoria específica no assunto para o empregador poder ajudar a doméstica a solicitar o seguro-desemprego. Saiba mais clicando aqui.

Compartilhe esta publicação

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp

Cadastre seu e-mail e fique sempre atualizado

Deixe seu comentário sobre este post