RJ: (21) 2518-3099 | DEMAIS ESTADOS: 4003-3367

Como reajustar o salário do empregado doméstico no eSocial

Como reajustar o salário do empregado doméstico no eSocial

Toda vez que o empregador altera o salário da empregada, deve atualizar o valor também no sistema do governo. Veja o passo a passo e saiba como fazer

salário

Anualmente os empregadores que pagam o trabalhador doméstico pelo piso regional do seu estado devem fazer o reajuste de acordo com o novo valor sancionado, logo na data em que o aumento for aprovado. Já quem paga acima do piso também pode conceder um aumento a cada aniversário de contrato do empregado, ou ainda no momento do ano que preferirem, com a finalidade de repor a inflação.

O especialista em emprego doméstico e presidente do site Doméstica Legal, Mario Avelino, aconselha que os empregadores concedam o reajuste a cada ano “ Com a inflação o empregado perde poder de compra e seu salário fica desvalorizado. No caso de uma eventual ação trabalhista, no caso em que o empregador não tinha o hábito de fazer os reajustes periódicos, o juiz pode interpretar que o trabalhador foi prejudicado e gerar prejuízos ao empregador”, avalia o especialista.

Na hora de definir o valor do aumento o empregador pode utilizar os índices do INPC (Índice Nacional de Preços ao Consumidor) ou IPCA (Índice de Preços ao Consumidor Amplo). Estes valores podem ser consultados no site do IBGE.

Quando o reajuste salarial é feito, os empregadores precisam também adequar o valor informado no sistema do eSocial. Para auxiliar nesta tarefa, a Doméstica Legal preparou um  passo a passo.

 

1 – Logado no eSocial, o empregador deve clicar na opção “trabalhador”, que fica no menu superior e em seguida na opção “Gestão de Trabalhadores”.

2 – Selecionar o empregado que deseja alterar o salário

3 – Clique na opção “Dados contratuais”

4 – Clique em “Alterar Dados Contratuais”.

5 – No campo “Data de início de vigência da alteração” colocar a data a partir da qual vale o reajuste salarial, variando de acordo com cada caso.

6 – O eSocial enviará uma mensagem reportando que as alterações serão validadas. Clicar em “Continuar”.

7 – No campo “Salário fixo” deverá inserir o novo salário bruto do empregado.

8 – Clique em salvar e o salário estará alterado no sistema.

Compartilhe esta publicação

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp

Cadastre seu e-mail e fique sempre atualizado

Deixe seu comentário sobre este post

Menu do blog

Mais Acessados