RJ: (21) 2518-3099 | DEMAIS ESTADOS: 4003-3367
Cadastre-se Área do Assinante
Nenhum Comentário

5 dicas para motivar a sua empregada doméstica no trabalho

Um incentivo pode ser um fator determinante para que as atividades sejam executadas de maneira correta e eficiente.

Cair na rotina e entrar na mesmice são pontos que acabam influenciando o nosso trabalho, não é mesmo? No emprego doméstico não é tão diferente. A empregada doméstica também precisa receber incentivos para continuar exercendo a sua função com qualidade e eficiência.

Como sempre lembramos em nosso Blog, a harmonia no emprego doméstico é a chave para relações autênticas e duradouras. Portanto, para que esse entendimento aconteça, tanto da parte do empregador, quanto da empregada, estímulos são bem-vindos.

Existem diversas formas para incentivar a sua empregada doméstica, pensando nisso, reunimos 5 maneiras diferentes para estimular a funcionária. Confira!

 

1. Condições de trabalho adequada

Trabalhar em um ambiente organizado é o sonho de qualquer um. Diversas pesquisas afirmam que fatores como organização, anotações e até mesmo a temperatura estão ligados à produtividade. ‘’Desde que a pessoa entenda o quanto é importante ter uma vida organizada em todos os sentidos. Além de ter um ambiente organizado. Isso diz muito mais sobre a pessoa que ter uma vida equilibrada, bem resolvida emocionalmente e financeiramente. Tudo tem que estar alinhado’’. É o que afirma a personal organizer, Tatiana Messias. Portanto, liste as tarefas da empregada, ofereça todos os materiais de segurança à disposição e identifique os produtos de limpeza.

2. Motive a qualificação

Hoje em dia, existem diversos cursos rápidos para capacitação de empregadas domésticas. Seja de organização de ambiente, cuidados com acidentes domésticos e outros. É importante que a empregada doméstica busque esse tipo de conhecimento para aprimorar a sua atividade. Além disso, o empregador também pode custear um curso para empregada. Uma vez que ele também será beneficiado pelas novas habilidades que a empregada vai adquirir no curso.

3. Proponha desafios

Manter os seus empregados sempre encorajados e entusiasmados parece ser uma tarefa difícil, mas propondo pequenos desafios e recompensando ao final, pode incentivá-los a melhorar o desempenho.

4. Respeite o acordado

Esse é um ponto que gera grande confusão no emprego doméstico. Logo no início da contratação, o empregador deve conversar com a nova empregada e definir bem claramente quais são as funções dela em seu ambiente doméstico. Respeitar o acordado é essencial para que no futuro não existam desacordos.

5. Feedback

Seja positivo ou negativo, o Feedback é sempre uma maneira de dar um retorno a sua empregada doméstica. Ele pode ser escrito ou até mesmo em uma breve reunião, mas é importante lembrar que o Feedback deve ser sempre construtivo.

Acreditamos que outra forma de estimular é formalização e manter as rotinas trabalhistas da empregada em dia. Nós podemos te ajudar com esta tarefa que é um pouco complicada. Confira!

Receba atualizações no seu email

Comentários

Deixe sua resposta