Cálculo do valor a deduzir de INSS no Imposto de Renda 2014

Deduza de R$ 30,00 até R$ 1.078,08!!

Informe os dados abaixo e saiba o valor a deduzir de INSS no Imposto de Renda exercício 2014, ano base 2013. Os campos com (*) são opcionais.

Observação:
1. Caso sua empregada tenha saído ou se afastado durante o ano e tenha admitido nova empregada, faça um cálculo para cada empregada e some o resultado das duas ou mais empregadas.

2. Caso tenha pago durante o período de dezembro/2012 a novembro/2013 um salário menor que o Salário Mínimo Federal, em função do empregado ter trabalhado menos que 5 dias na semana, deve-se colocar no campo " Salário Pago em dezembro/2012, ou no mês de admissão, quando admitido em 2013" o valor de R$ 622,00 se o funcionário já trabalhava em dezembro/2012, ou R$ 678,00 se admitido durante o ano de 2013.

Parâmetros
Conteúdo
Nome .................................:
Email...................................:
Nome da Empregada:(*) ...:
Cargo.................................: 
Data de admissão.
Data de demissão, se demitida entre dezembro/2012 e o ano de 2013. (*)
Salário pago em dezembro/2012 ou no mês de admissão, quando admitido em 2013.
Salário pago em dezembro/2012, ou o do mês de demissão se demitido em 2013.(*)
Se houve afastamento por Doença por mais de 15 dias, ou Serviço Militar ou por Iniciativa do Funcionario entre dezembro/2012 e dezembro/2013, informar a data de inicio do afastamento. (*). Não considerar afastamento por Licença Maternidade.
Data de retorno do afastamento, se retornou em 2013. (*)
Pagou férias entre dezembro/2012 e novembro/2013? Informe o mês/ano de inicio. (*)
Pagou uma segunda férias entre janeiro/2013 e novembro/2013? Informe o mês/ano de inicio. (*)
Total do INSS a deduzir sobre Salário pago em 2013.
R$
Total do INSS a deduzir sobre 13o. Salário pago em 2013.
R$
Total do INSS a deduzir sobre Férias pagas em 2013. (Obs: 7)
R$
Total Geral do INSS a deduzir no Imposto de Renda de 2013
R$
 
Clique aqui e simule o cálculo de Ajuste do Imposto de Renda Anual
   

Observações:
1. Caso tenha mais de 1 empregado, só pode deduzir o INSS de um empregado por CPF.

2. O INSS só poderá ser deduzido para o empregador doméstico que usar o modelo completo na Declaração de Ajuste Anual do Imposto de Renda. Mesmo que você tenha o hábito de usar o Desconto Simplificado, recomendamos simular o Modelo Completo para ver qual é o mais vantajoso.

3. Pela Lei 11.324, 2012 seria o último ano que o empregador doméstico poderá deduzir o INSS na Declaração Anual de Imposto de Renda. Este prazo foi estendido até o ano de 2015.. Já conseguimos aprovar no Senado Federal o Projerto de Lei que reduz o INSS do empregador doméstico de 12% para 6%, e o INSS da empregada doméstica de 8% para 6%. Neste momento o Projeto está na Câmara dos Deputados Federais. Clique aqui, e dê seu voto de apoio para que ele seja aprovado e divulgue para seus amigos..

4.
O salário mínimo de Dezembro/2012, foi de R$ 622,00, o que dá uma restituição ou dedução mensal de R$ 74,64 por mês de trabalho.

5. O 13o. Salário pago dá uma restituição ou dedução total no ano de R$ 81,36, ou R$ 6,78 para cada mês trabalhado no ano, caso o empregado tenha sido admitido, demitido, ou tenha tido algum afastamento no ano de 2013. Observação:

6. Para as Férias pagas em dezembro de 2012 será restituido ou deduzido o INSS sobre 1/3 de férias no valor de R$ 24,88. Se foram pagas entre Janeiro/2013 a novembro/2010 o valor é de R$ 27,12.

7. O valor máximo de restituição ou dedução de INSS no ano é de R$ 1.078,08, mas se um empregado gozou duas Férias no período entre Dezembro/2012 e Novembro/2013, o valor deveria ser de R$ 1.105,20, o que gera uma perda de R$ 27,12 para o empregador cuja empregada gozou duas férias no mesmo ano. Em 2007 a Doméstica Legal entrou com uma ação através do Instituto FGTS Fácil no Ministério Público do Trabalho, solicitando que a Receita Federal corrigisse este erro, mas a ação não foi aceita. O Prejuízo estimado ao contribuinte nos anos de 2006, 2007, 2008, 2009, 2010 e 2011, 2012 e 2013 já chega a R$ 4 milhões.